nans @ 01:01

Ter, 02/10/12

Adoro os livros da senhora Cabot, isso não é novidade nenhuma, mas este ficou muitooo aquém das espectativas.
Claro que é notório o sentido de humor tipico da escrita dela, mas mesmo assim o livro não cativa uma pessoa, é demasiado extenso, ela divaga imenso, o que acaba por tornar o livro enfadonho.
É pena, porque queria mesmo muito dizer que tinha adorado o livro, tratando-se da minha autora preferida, mas de todos os livros que já li dela, este é de longe aquele que menos gostei.
Claro que existem pontos positivos, mas são ofuscados pelos negativos. Acho realmente que a Meg Cabot é uma excelente escritora, mas deveria manter-se pelos romances juvenis, porque este romance, sendo algo mais adulto, deixou muito a desejar.


Sinopse;
Está farto de ouvir falar em vampiros? Meena Harper também. Mas os seus patrões obrigam-na a escrever sobre eles na mesma, apesar de Meena não acreditar na sua existência. 
Não é que Meena seja alheia ao sobrenatural. O que se passa é que ela sabe como vamos morrer. (Claro que não acreditamos nela. Nunca ninguém acredita.) Nem o dom da premonição de Meena pode contudo prepará-la para o que sucede quando ela conhece Lucien Antonescu (e depois comete o erro de se apaixonar por ele), um príncipe dos dias de hoje com um lado negro. Trata-se de um lado negro pelo qual muitas pessoas, como por exemplo uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiam vê-lo morto.
O problema é que Lucien já está morto. Talvez seja por isso que é o primeiro tipo que Meena conhece com quem se imagina a ter um futuro. É que, apesar de Meena ser capaz de ver o futuro das outras pessoas, nunca conseguiu ver o próprio. 
E apesar de Lucien parecer ser tudo o que Meena sonhou encontrar num namorado, poderá acabar por ser um pesadelo. Esta poderá ser uma boa altura para Meena começar a prever o seu próprio futuro…
Se é que o tem.


find it ...: