nans @ 15:00

Dom, 14/10/12

Há uns tempos atrás estive a fazer uma pesquisa para saber se iriam fazer mais um filme relacionado com as Crónicas de Nárnia, uma vez que por esta altura apenas três filmes foram realizados, quando na verdade deveria de ter sido cinco. Nessa pesquisa tinha a citação dos estúdios que actualmente possuem os direitos de autor sobre os livros, onde afirmavam que muito provavelmente apenas iriam realizar mais um filme (referente ao primeiro livro, onde são desvendadas as origens de Nárnia), uma vez que os restantes eram deveras difíceis de realizar.
Claro que quando li isso fiquei com a ideia que o C.S. Lewis se tinha passado completamente e tinha criado ali para o meio algo completamente impossível de ser credível, até mesmo para Nárnia. Mas a verdade é que ao ler o terceiro livro (um dos que não foi transformado em filme) fiquei a pensar o porquê de eles não terem feito o filme, porque o livro não é assim tão dificil de ser transformado num filme, muito pelo contrário, deve de ser muito mais fácil do que os restantes.
Verdade seja dita, o livro não acrescenta nada de novo á história, mas eu acho que é interessante, porque mostra os quatro irmãos (okay, três, porque o Peter está ausente) a viverem e governarem Nárnia, contrariamente aos outro livros, onde eles apenas fazem uma visita.
Mas a história do livro centra-se na história de um rapazinho e de um cavalo que ele "rouba". Sinceramente, é apenas mais uma história, das muitas que Nárnia tem para oferecer, mas o livro apenas me cativou por poder saber um pouco mais do tempo em que os irmãos Pevensie passam em Nárnia. Claro que também adorei o facto de pela primeira vez o autor ter referido que a Lucy é, na realidade, loira. Achei fantástico, porque sempre a imaginei ruíva, como nos filmes. Sim, a informação não é assim nada demais, mas achei engraçada.
E agora, venha o Príncipe Caspian.

Sinopse;
Publicadas pela acção interna da história e não pela ordem cronológica em que foram escritas, «As Crónicas de Nárnia» prosseguem neste terceiro volume. Em O Cavalo e o Seu Rapaz, o jovem Xassta descobre que o seu pai adoptivo tem um plano horrendo: vendê-lo a um estranho homem. Triste e perdido, Xassta conhece um cavalo falante que lhe sugere fugirem juntos para Nárnia, o feliz reino onde as montanhas estão cobertas de urze e as dunas de tomilho, terra onde abundam os rios, os vales, as cavernas revestidas de musgos e as florestas profundas onde ressoam os martelos dos anões. «Uma hora de vida em Nárnia é melhor do que mil anos em qualquer outro lugar.» Na viagem enfrentam perigos constantes e conhecem Arávis, uma rapariga que também fugiu do mundo real e os acompanha até ao maravilhoso mundo. O terceiro de sete volumes que integra a série Nárnia, um clássico da literatura infanto-juvenil apreciado em todo o mundo. Absolutamente imperdível!