nans @ 15:15

Dom, 14/10/12

Mais uma vez, o livro é praticamente o espelho do filme. A diferença é que no filme eles optaram por modificar a ordem de algumas cenas e na realidade os quatro irmãos estão varios dias em Nárnia antes de saberem o que se passa e quem é o Principe Caspian.
O que mais adoro nestes livros é a maneira como o autor consegue transformar uma acção completamente brutal e nojenta em algo que se assemelha a algo bom e correcto. Apercebi-me disso na cena em que a Susan e o Trumpkin matam o urso. É suposto ser algo mau, porque eles acabaram de matar um urso e o Peter e o Ed tiram e armazenam a carne, mas está de tal maneira escrito que parece alguma coisa boa e uma cena que para qualquer criança poderia ser traumatica acaba por se tornar em algo bom e corriqueiro.
Tirando isso, tenho apenas a acrescentar que o principe Caspian é bem mais interessante nos filmes do que no livro, mas isso talvez se deva ao facto de ter uma pequena paixoneta pelo Ben Barnes.

Sinopse;
Tempos difíceis abateram-se sobre a terra encantada de Nárnia. Os dias de paz e liberdade, em que os animais, anões, árvores e flores viviam em absoluta paz e harmonia, estavam terminados. A guerra civil dividia o reino, e a destruição final estava próxima. O príncipe Cáspian, herdeiro legítimo do trono, decide trazer de volta o glorioso passado de Nárnia. Soprando sua tromba mágica, ele convoca Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia para ajudá-lo em sua difícil tarefa.